CBG – Colégio Brasileiro de Genealogia: Lênio Luiz Richa
Sócios Titulares

Lênio Luiz Richa

Natural de Cantagalo, Estado do Rio de Janeiro. Formado em Direito pela Universidade Federal Fluminense. Funcionário aposentado do Banco Central do Brasil. Além do Colégio Brasileiro de Genealogia, membro também da ASBRAP – Associação Brasileira de Pesquisadores de História e Genealogia. Criador e mantenedor do site genealogiabrasileira.com.

Autor dos seguintes trabalhos, todos ainda em andamento:

Os Títulos Perdidos – tentativa de reconstituir, na medida do possível, os títulos perdidos da Nobiliarquia Paulistana Histórica e Genealógica, de Pedro Taques de Almeida Paes Leme. Falecido em 1777, ele levantou a genealogia de pelo menos 130 dos primeiros povoadores de São Paulo – SP, Ilha de Santa Catarina, etc., vindos no início da colonização do Brasil. Nosso trabalho utiliza as pistas deixadas por ele na própria obra, e pelas descobertas de Silva Leme e demais autores, usando também o que tenha restado em documentos e revistas genealógicas.

Povoadores da Região Serrana – levantamento das genealogias dos primeiros povoadores do antigo Município de Cantagalo, constantes da obra “Terra de Cantagalo”, de Acácio Ferreira Dias. À época de sua fundação – e com os acréscimos territoriais recebidos em determinados períodos – Cantagalo englobava praticamente toda a Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro, ou seja, aproximadamente, os territórios hoje ocupados pelos Municípios de: Bom Jardim, Carmo, Conceição de Macabu, Cordeiro, Duas Barras, Itaocara, Macuco, Nova Friburgo, Santa Maria Madalena, São Fidélis, São José do Rio Preto, São Sebastião do Alto, Sumidouro e Trajano de Morais.

Tiradentes e seus Contemporâneos – projeto de descobrir, usando também a genealogia, as afinidades ou não, entre os próprios inconfidentes e outras personalidades citadas na história, como amizade, parentesco, compadrio, religião, vizinhança, companheirismo de farda, e assim por diante, para entender melhor o que eventualmente os aproximava ou afastava.

A Imigração Árabe para o Brasil – Genealogia, Memória e Homenagens – uma pequena homenagem aos imigrantes árabes e seus filhos, procurando demonstrar, além das genealogias, memórias e biografias, a boa acolhida e perfeita integração deles e seus descendentes com os brasileiros de todas as origens e de todos os recantos do País.