CBG – Colégio Brasileiro de Genealogia: Francisco Sadoc de Araújo, Monsenhor
Sócios Adjuntos

Francisco Sadoc de Araújo, Monsenhor

Filho de Galdino Orlando de Araújo e Rita Albuquerque de Araújo, nasceu em Sobral, estado do Ceará, a 17 de dezembro de 1931. Sacerdote e professor.

Na cidade natal, cursou o antigo Primário no Educandário São José, concluindo-o em 1942; o Ginasial e o Científico no Seminário, de 1943 a 1949. Formou-se em Filosofia no Seminário da Prainha, em Fortaleza (1950-52) e dali seguiu para Roma, para matricular-se na Pontifícia Universidade Gregoriana, onde bacharelou-se em Teologia (1954), e depois fez Mestrado (1956). Ordenou-se sacerdote em Roma, em 25.02.1956. Em 1967 concluiu o curso de Pós-graduação em Psicologia Profunda na Faculdade Cristo-Rei em São Leopoldo-RS.

Cursos de especialização: Éducation de la Jeunesse – Sede Internacional de JEC – Bruxelas, Bélgica; Educação de Superdotados – Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ, 1976.

  • Professor de Psicologia da Adolescência e de Psicologia da Educação – Faculdade de Filosofia Dom José – Sobral-CE, 1971-1988;
  • Reitor do Seminário Diocesano de Sobral – 1964-1967;
  • Diretor do jornal “Correio da Semana” , 1964-1967;
  • Diretor do Ginásio de Aplicação, do qual foi fundador, 1969-1972;
  • Presidente da Fundação Universidade Vale do Acaraú, cujo Conselho Diretor geriu de 1968 a 1984;
  • Diretor da Faculdade de Filosofia Dom José, de Sobral-CE, 1972;
  • Vice-presidente do Conselho de Educação do Ceará – 1977;
  • Presidente da Câmara de 2º grau do Conselho de Educação do Ceará, com três mandatos de dois anos;
  • Presidente da Comissão de Encargos educacionais, do Conselho de Educação do Ceará, 1986-1988;
  • Presidente do Rotary Club de Sobral, 1977-1978;
  • Reitor da Universidade Estadual do Vale do Acaraú, 1985-1989;
  • Diretor do Instituto de Filosofia e Teologia da Arquidiocese de Olinda e Recife – 1991;
  • Capelão do arquipélago de Fernando de Noronha – 1991;
  • Pároco da Paróquia de Fernando de Noronha – 1991;
  • Fundador e Diretor do Centro de Evangelização Padre Ibiapina – CEPI, cujas instalações construiu em Sobral e inaugurou em 1995.

Obras publicadas:

  • Cronologia Sobralense – 5 volumes, 1974-1990
  • A ciência criadora – 1976
  • História da Cultura Sobralense – 1978
  • Ceará: homens e livros – 1981
  • Estudos ibiapabanos – 1979
  • Dicionário biográfico de sacerdotes sobralenses – 1985
  • História religiosa da Meruoca – 1979
  • História religiosa da Ibiapina – 1983
  • História religiosa de Guaraciaba do Norte – 1988
  • Cordeiro de Andrade – Jornalista perdido na ficção – 1985
  • Raízes portuguesas do Vale do Acaraú – 1990
  • Padre Ibiapina – peregrino da caridade – 1996

Autor de dezenas de artigos na imprensa de Fortaleza-CE e Sobral-CE, e vários estudos sobre Educação e Cultura nas revistas: Mensagem, do Conselho de Educação do Ceará; e Aspectos, da Secretaria de Cultura do Ceará, além de outros na revista da Academia Cearense de Letras e do Instituto do Ceará.