CBG – Colégio Brasileiro de Genealogia: Arthur Vieira de Rezende e Silva
Patronos

Arthur Vieira de Rezende e Silva

Nasceu em Cataguases, Minas Gerais, em 2 de julho de 1868, filho do coronel José Vieira de Rezende e Silva e de sua prima Feliciana Vieira de Rezende e Silva.

Descendia dos fundadores do município natal e lá fez seus primeiros estudos. Depois, fez o preparatório no Colégio do Caraça, matriculando-se a seguir na Escola de Minas de Ouro Preto.

Republicano convicto, tomou parte como representante de sua cidade natal, no 1º Congresso do Partido Republicano Mineiro, em 15 de novembro de 1888, sendo um dos signatários do manifesto então dirigido à Província..

Foi coronel da Guarda Nacional e professor. Também exerceu as funções de gerente no Banco no Espírito Santo e no Banco Pelotense. Foi vereador em Cataguases de 1892 a 1896 e na Câmara foi secretário e tesoureiro. Chefiou os serviços de café do governo de Minas Gerais no Departamento Nacional do Café, no Rio de Janeiro e foi caixa no Departamento.

Fundou, com Heitor de Souza e outros, o Jornal Cataguazes, sendo seu primeiro gerente. Este periódico ainda circula na cidade nos dias de hoje.

Foi membro dos Institutos Históricos de Minas Gerais e de Ouro Preto, e faleceu no Rio de Janeiro em 16 de outubro de 1945.

Arthur Rezende é autor de duas obras de fundamental importância para a genealogia brasileira:

  • Genealogia dos Fundadores de Cataguases- 1934;
  • Genealogia Mineira – em 5 volumes, por ele mesmo referida como a “quintuplicação da primeira”.

Escreveu ainda:

  • História do Município de Cataguases – em colaboração com o irmão Astolpho Vieira de Rezende
  • Frases e Curiosidades Latinas.

 Fontes: Revista Genealógica Brasileira, nº 7, 1943; Boletim do Instituto Genealógico da Bahia, 2005.