CBG – Colégio Brasileiro de Genealogia: Ubá Archanjo Vieira
Galeria de Associados

Ubá Archanjo Vieira

Filho do Coronel PM Miguel Archanjo Vieira e de Amélia Marques Vieira, nasceu a 18 de janeiro de 1920 no bairro do Engenho Velho, cidade do Rio de Janeiro, então capital da República. Em 25.03.1950 casou-se com Hilda Soares de Melo, tendo os filhos Maurício de Melo Vieira (Economista – Bancário) e Marcia de Melo Vieira (Fonoaudióloga). Do filho, teve dois netos: Claudio e Patrícia; da filha, também dois: Rodrigo e Ricardo. Militar e cirurgião-dentista. Formou-se pela Faculdade de Odontologia da Universidade Federal Fluminense em 1943, mesmo ano em que prestou o Serviço Militar Obrigatório na Escola de Veterinária do Exército. Convocado em razão da guerra, serviu ao Exército Brasileiro de mar/1943 a fev/1945. Exerceu a Odontologia em consultório particular no período de 1945 a 1948. Em junho de 1948 ingressou no Quadro de Oficiais Dentistas da Marinha do Brasil, tomando posse como 2º Tenente Cirurgião-Dentista em 03.06.1948, indo servir no Hospital Central da Marinha (Odontoclínica Central da Marinha) na cidade do Rio de Janeiro. A partir daí, teve brilhante carreira: 1º tenente – 18.04.1952; Capitão-tenente – 20.12.1955; Capitão-de-Corveta – 12.12.1960; Capitão-de-Fragata – 06.11.1966; Capitão-de-Mar-e-Guerra – 25.12.75; passou para a Reserva em 31.03.78. Unidades onde prestou serviço: Odontoclínica Central da Marinha, no Rio de Janeiro [jun/48 – nov/50; mar/jun55; jun/75 -mar/78]; Base Almirante Moraes Rego, Rio-RJ [dez/50 – ago/51]; Diretoria de Hidrografia e Navegação, Rio-RJ [set/51 – jan/52]; Colégio Naval, Angra dos Reis-RJ [fev/52 – fev/54]; Centro de Instrução Almte. Wandenkolk [mar/54 – fev/55]; Navio Custódio de Melo [jul/55 – jul/57]; Escola Naval, Rio-RJ [ago/57 – fev/61]; Assistência Médico-Social da Armada, Rio-RJ [mar/61 – jun/62; jun/65 – jan/67]; Sanatório Naval, Nova Friburgo-RJ [jul/62 – maio/65]; Hospital Naval Marcílio Dias, Rio-RJ [fev/67 – maio/75]. Recebeu diversas medalhas, títulos e condecorações: Ministério da Justiça – Medalhas Marechal Caetano de Faria (1955), Marechal Souza Aguiar e Marechal Hermes da Fonseca (ambas em 1956); Ministério da Marinha – Medalha Militar de Bronze (1959) e de Prata (1969), e do Mérito Tamandaré (1963). Membro Titular do Instituto Brasileiro de História da Medicina [1958]; Cidadão Friburguense [Prefeitura Municipal de Nova Friburgo-RJ, 1964]; Membro Efetivo da Academia Brasileira de Medicina Militar [1968]; diploma de Honra ao Mérito da Academia Brasileira de Odontologia [1975]; diploma de Protetor da Biblioteca [Real Gabinete Português de Leitura, 1980]; membro efetivo da Federação Brasileira de História da Medicina e Ciências Afins. Associou-se ao Colégio brasileiro de Genealogia em 5 de dezembro de 1988. Suas pesquisas e estudos centravam-se na História da Medicina e Odontologia no Brasil, tendo participado de cursos e congressos sobre o assunto, inclusive como representante da Marinha do Brasil. Publicou pos seguintes trabalhos, apresentados no I e VII Congresso Brasileiro de História da Medicina: João Curvo Semmedo e a Odontologia; Francisco Fonseca Henriques e a Odontologia; Achegas para a História da Medicina veterinária no Rio de Janeiro; Um dentista na Guerra do Paraguai. Dedicou-se ainda ao estudo da Nobreza Brasileira até o fim de seus dias. Faleceu em 28de dezembro de 1996 no Hospital Naval “Marcílio Dias” (Rio de Janeiro) por complicações da cirurgia cardíaca a que tinha se submetido.

Biografia e planilha genealógica gentilmente enviadas pela família.