CBG – Colégio Brasileiro de Genealogia: Paulo Roberto Martins de Oliveira
Galeria de Associados

Paulo Roberto Martins de Oliveira

Nascido em Petrópolis–RJ, aos 30 de julho de 1942; trineto dos colonos germânicos Johann Noel e de Elisabeth Katharine Mathieu; quinto filho do casal Adão Martins Noel de Oliveira e de Vera Silveira de Oliveira. Casado em 1973 com Maria Lúcia Mendes de Oliveira – pais de Gabriela Mendes de Oliveira. Falecido a 03.05.2018 em Petrópolis-RJ.

Funcionário aposentado da antiga Telecomunicações do Estado do Rio de Janeiro – TELERJ de Petrópolis, onde trabalhou durante 27 anos como projetista.

  • Sócio fundador da SAMI – Sociedade de Amigos do Museu Imperial – Petrópolis, RJ.
  • Sócio Adjunto do CBG – Colégio Brasileiro de Genealogia – Rio de Janeiro, RJ.
  • Sócio do Clube 29 de Junho – Sociedade de Tradições Germânicas – Petrópolis, RJ.
  • Membro titular do IHP – Instituto Histórico de Petrópolis – Petrópolis, RJ.
  • Sócio efetivo da FECAB – Federação dos Centros de Cultura Alemã do Brasil – Porto Alegre, RS.
  • Sócio do CEGENS – Centro de Estudos Genealógicos do Vale do Rio Pardo – Santa Cruz do Sul, RS.
  • Sócio da Associação Nacional de Pesquisadores de História das Comunidades Teuto-Brasileiras – Lajeado – RS.
  • Sócio do CEP – Centro Excursionista Petropolitano – Petrópolis, RJ.
  • Sócio da AVANB – Associação dos Veteranos e Amigos do Nosso Batalhão – Petrópolis, RJ.

Colaborador com material histórico e genealógico no SITE do Instituto Histórico de Petrópolis:

  • Anjos de Inhomirim, Os – 16.06./2003;
  • Antecedentes e a Criação da Imperial Colônia Alemã – 20.07.1996;
  • Cem Anos do Nascimento de Gustavo Ernesto Bauer – 11.11.2002;
  • Dados Genealógicos de Alguns Colonos Germânicos e ou seus Descendentes que Saíram de Petrópolis – 12.12.2003;
  • Entrevista – Visita à Casa da Sra. Aluízia Maria Gabrich – 28.03.1998;
  • Escola Municipal Johann Noel – 19.09.2004;
  • Família Vogel – 15.11.2000;
  • Genealogia – Família Hartmann – 28.11.2003;
  • Genealogia – Família Maiworm – 28.11.2000;
  • Genealogia – Família Noel – 25.09.2003;
  • Genealogia da Família Sixel – 05.11.1996;
  • História e o Turismo em Petrópolis, A – 29.11.2004;
  • Imperial Colônia Germânica de Petrópolis – Atividades Sociais, Artes, Hábitos e Costumes – 27.06.1997;
  • Índice Alfabético dos 361 Nomes das 456 Famílias de Colonos Germânicos que Chegaram a Petrópolis Entre 29.06.1845 e 31.12.1846 – 23.06.2000;
  • Planejamento Urbanístico a ser Lembrado, O – 20.06.2000;
  • Primeiros Italianos em Petrópolis, Os – 11.09.2004;
  • Primórdios da Companhia Petropolitana no Quarteirão Westfália – 09.09.2002;
  • Quarteirão Mosela Através dos Tempos, O – 15.06.1998;
  • Quatro Etnias na Fundação de Petrópolis: Africanos, Alemães, Franceses e
    Portugueses – 16.03.2001;
  • Quatrocentos Anos do Padre Anchieta, Os – 30.07.1997;
  • Raridades da Imperial Colônia de Petrópolis – 03.06.2004;
  • Relembrando Alguns Colonos e os Esquecidos Quarteirões – em três partes: 19.08, 26.08 e 02.09.2001;
  • Religiosos e as Religiosas Descendentes dos Colonizadores Germânicos de Petrópolis, Os – 13.06.2005.

Autor do livro ÁLBUM DE MEMÓRIAS DO BATALHÃO DOM PEDRO II – 1ª Edição – Petrópolis, em 2008. Impresso em 2009, na Oficina do Estabelecimento General Gustavo Cordeiro de Farias – “Gráfica do Exército”.

Participações em trabalhos históricos e genealógicos, relacionados aos imigrantes germânicos de várias colônias do país, publicados em livros de diversos institutos e associações e também em edições de diversas revistas, boletins, jornais e outros meios de comunicação.

Participações em trabalhos históricos sobre Petrópolis e as colônias alemães das Regiões Sudeste e Sul do Brasil, em seminários e congressos.

Recebidos ao longo de seus trabalhos, pesquisas e palestras: certificados, diplomas e medalhas referentes às atividades profissionais e históricas / genealógicas. Em especial, o diploma e barreta de Colaborador Emérito do Exército Brasileiro. Assim como outras homenagens que foram prestadas pelo 32º Batalhão de Infantaria Motorizado – Batalhão Dom Pedro II, desde 1996.