CBG – Colégio Brasileiro de Genealogia: Edgar Loureiro Valdetaro
Galeria de Associados

Edgar Loureiro Valdetaro

Filho de Oscar Valdetaro de Carvalho e Mello, e Cidália Loureiro Valdetaro, nasceu a 7 de julho de 1927 na cidade de São Borja, Estado do Rio Grande do Sul. Casou em 22 de dezembro de 1951 com Adiléa Maselli, filha de Arthur Pickler Maselli e Albertina Salvador Maselli, tendo 4 filhos: Edgard, Edson, Eliane e Eduardo. Faleceu a 14 de fevereiro de 1964, aos 36 anos, em Teresópolis, Estado do Rio de Janeiro, de infarto do miocárdio.  Arquiteto. Iniciou seus estudos em Porto Alegre, capital de seu Estado. Concluiu o ensino médio no Colégio Marista São José, no Rio de Janeiro-RJ, para onde seu pai, oficial do Exército Brasileiro, havia sido transferido. Formou-se pela Faculdade Nacional de Arquitetura e começou sua carreira profissional no Departamento de Parques da Secretaria Geral de Viação e Obras da Prefeitura do Distrito Federal. Em 1960, com a transferência da capital do país para Brasília, o Rio de Janeiro transforma-se no estado da Guanabara e surgem as Administrações Regionais, uma espécie de “mini-prefeituras”. Criada a Administração Regional da Tijuca em 11 de maio de 1962, para ela é transferido, passando a exercer o cargo de Diretor de Obras. Ali, um de seus projetos mais conhecidos foi a Praça Lamartine Babo, na confluência da Avenida Maracanã com a Rua Barão de Mesquita. Associou-se ao Colégio Brasileiro de Genealogia em 15 de outubro de 1960. Seu nome foi dado a uma rua do Rio de Janeiro, no bairro da Pavuna.