CBG – Colégio Brasileiro de Genealogia: Wilson de Lima Bastos
Antigos Titulares

Wilson de Lima Bastos

Nasceu em 07 de agosto de 1915, em Juiz de Fora, estado de Minas Gerais, filho de João de Campos Monteiro bastos e Maria da Conceição Lima Bastos. Faleceu em 20 de outubro de 1998.

Professor universitário, advogado, sociólogo, dentista, escritor e genealogista. Possuía os cursos de Direito, Odontologia, Sociologia, Higiene, Odontologia Legal, Política, Filosofia, Teoria da Música e História da Música.

Professor de: Sociologia Educacional e História das Idéias Políticas, na Faculdade de Filosofia e Letras; Política Financeira, na faculdade de Economia e Finanças. Professor da Escola Normal Santos Anjos, da Escola Normal Santa Catarina, do Conservatório de Música e Livre docente de Higiene e Odontologia Legal, na Faculdade de Odontologia de Juiz de Fora.

Diretor Tesoureiro do Instituto Cultural Santo Tomás de Aquino. Diretor da Divisão de Patrimônio Histórico e Artístico e também Vereador à Câmara Municipal [1947-1950] – sempre em Juiz de Fora.

Pertenceu a inúmeras instituições culturais:  Institutos Históricos e Geográficos: Brasileiro, de Minas Gerais, de Juiz de Fora (fundador e presidente), do Espírito Santo, de Niterói e do Direito Brasileiro, RJ; Academia Paulistana de História – SP; Instituto Genealógico Brasileiro – SP; Instituto de Estudos Valeparaibanos, Guaratinguetá-SP; Instituto de Direito Humanos de Juiz de Fora – MG; Instituto Cultural Santo Tomás de Aquino – Juiz de Fora, MG; Academias: Brasileira de Literatura – RJ, Juizforana de Letras (presidente), Espiritossantense de Letras – Vitória, ES, Fluminense de Letras – Niterói,RJ, Santamarense de Letras – SP, Goianense de Letras – GO, de Letras de São d´El Rei – MG, de Letras Municipais do Brasil – SP, Feirense de Letras – Feira de Santana, BA, Anapolina de Filosofia, Ciências e Letras – GO, Internacional de Jurisprudência e Direito Comparado – RJ, Brasileira de Ciências Sociais – RJ, Brasileira de Ciências Morais e Políticas – RJ; International Academy of Letters of England; Cenáculo Brasileiro de Letras e Artes – RJ; Sociedade Brasileira de Geografia; Centro de Estudos Sociológicos de Juiz de Fora (fundador e presidente); Conselho de Amigos do Museu Mariano Procópio, Juiz de Fora, MG; Comissão Mineira de Folclore – Belo Horizonte, MG; Fundação José Luiz Pasin – Roseira, SP; Associação dos Cavaleiros Templários do Brasil; Ordem dos Bandeirantes – SP; Ordem dos Bandeirantes – MG, Ordem do Mérito e Cavaleiresca de Santo Amaro – SP; Instituto dos Advogados Brasileiros- RJ.

No Colégio Brasileiro de Genealogia, foi admitido em 12 de setembro de 1988 e eleito Titular em 23 de janeiro de 1989.

Detentor de inúmeras condecorações e prêmios na área da cultura,  foi autor de inúmeros trabalhos em diversas áreas: romance, crônicas, contos, história regional, ensaios, poemas, trovas e genealogia – estes, referentes às famílias estabelecidas na região de Juiz de Fora, Minas Gerais.

Publicou, dentre outros:

  • Mariano Procópio Ferreira Lage –  sua vida, sua obra, sua descendência – 1961;
  • Francisco Baptista de Oliveira, um pioneiro – sua vida, sua obra, sua descendência – 1967;
  • Italianos em Juiz de Fora – Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Juiz de Fora – 1971;
  • Italianos em Juiz de Fora – Revista do Instituto Histórico e Geográfico de Juiz de Fora – 1973;
  • Engenheiro Henrique Halfeld – sua vida, sua obra, sua descendência – 1975;
  • Minhas Raízes – in Badalo do sino: memórias – 1986;
  • Os Sírios em Juiz de Fora – 1988;
  • A Fazenda da Borda do Campo e o inconfidente José Aires Gomes – 1992.