CBG – Colégio Brasileiro de Genealogia: Ilka de Guittes Neves
Antigos Titulares

Ilka de Guittes Neves

Nasceu a 1º de julho de 1927 em Quarai, estado do Rio Grande do Sul, filha de Augusto Guittes (August Friedrich Güths) e de Joaquina Barcellos Peirano Guittes . Foi registrada na cidade de Pelotas, para onde foi com poucos dias de nascida. Casou-se com Octávio Neves Filho, com quem teve uma única filha Nara Maria Neves, falecida em 1974. Faleceu em Porto Alegre, no dia 11 de agosto de 2003.

Estudou nos Colégios São José e São Francisco (1835-1941), em Pelotas, onde se diplomou como Professora da Escola Normal Assis Brasil (1942-1944). Concluiu o Curso de Administradores Escolares (CAE) no Instituto de Educação General Flores da Cunha, em Porto Alegre (1950-1951).

Bacharel e Licenciada em Pedagogia (1954-1957) pela Faculdade de Filosofia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, tendo recebido na colação de grau a Láurea Acadêmica, uma das mais altas honrarias universitárias, por ter obtido notas de Distinção e Aprovação Plena em todas as disciplinas.

Pós-graduação em Orientação Educacional, na PUC- RS, em Porto Alegre (1958-1959). Cursos de Vacaciones de Educação e Psicologia na Universidad de Estudios Superiores em Montevidéu, Uruguai (1958).

Iniciou sua carreira no magistério como Professora de Curso primário em Canguçu-RS, no Grupo Escolar Irmãos Andrada. Ali certificou-se de que seu destino era ser educadora. Lecionou em Pelotas, nos Grupos Escolares D. Joaquina Ferreira de Mello e Félix da Cunha (1948-1949). Professora bolsista do estado para freqüentar o curso de Administradores Escolares (1950-1951) no Instituto General Flores da Cunha, na capital porto Alegre. Diretora do Grupo Escolar Rafael Pinto Bandeira, em Porto Alegre (1952-1957). Pesquisadora do Centro Regional de Pesquisas do Ministério de Educação e Cultura, em Porto Alegre (1958). Técnico em Educação do centro de Pesquisas e Orientação Educacionais – CPOE da Secretaria de Educação e Cultura do Estado do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre (1958-1962). Assistente Técnico da 1ª Delegacia Regional de Ensino da mesma Secretaria (1960-1962). Professora de Psicologia Educacional (1960-1965) e de História da Educação (1961) do curso de Pedagogia da Faculdade de Filosofia da PUC-RS (1960-1965). Psicóloga concursada da Secretaria de Educação e Cultura do Estado do RS, tendo exercido atividades no Serviço de Orientação Educacional-SOE do Colégio Estadual Pio XII em Porto Alegre (1963-1970), onde se aposentou após 25 anos dedicados à Educação e ao ensino.

Membro do Instituto Histórico e Geográfico de Pelotas-RS, do Instituto Genealógico do Rio Grande do Sul e do Instituto Genealógico Brasileiro. No Colégio Brasileiro de Genealogia, foi admitida em 29 de fevereiro de 1996, sendo eleita Titular em 10 de dezembro de 1998.

Colaborou em revistas especializadas em Educação, sendo co-autora de dois livros:

  • Dinâmica de Orientação Educacional – Editora Globo, Porto Alegre, 1969;
  • Nova Dinâmica de Orientação Educacional – Editora Globo, São Paulo, 9ª edição, 1997.

Na área de genealogia publicou as obras:

  • Domingos José de Almeida e sua descendência – 1987;
  • Adélia da Câmara Barcellos: genealogia e história  – 1997;
  • Canguçu-RS: primitivos moradores; primeiros batismos – 1998;