CBG – Colégio Brasileiro de Genealogia: Como pesquisar na Torre do Tombo Online

Como pesquisar na Torre do Tombo Online

Por Fábio Arruda de Lima

O ANTT – Arquivo Nacional da Torre do Tombo, como o nome diz, é o arquivo geral / nacional português; o local onde está instalado se chama Torre do Tombo. (tombo aí significada material tombado, preservado). As bases de dados informatizadas até agora, até então consultáveis apenas in loco, na Sala de Referência, estão finalmente disponíveis na internet.

As descrições pertencentes à documentação das Memórias Paroquiais, União Nacional, Registo Geral de Mercês*, Chancelaria de D. Duarte, Chancelaria de D. João II, Junta Nacional de Educação e processos crime do Tribunal do Santo Ofício, cuja documentação se encontra na Torre do Tombo, podem ser consultadas através do seguinte endereço:

http://ttonline.dgarq.gov.pt/

*Em Português de Portugal, diz-se REGISTO, diferente do REGISTRO  do Português do Brasil.

Como pesquisar:

No “Topo da Tela”, entre “Início” e “Imagens” há um ícone “Descrições Arquivísticas”. Clique.

1. Preencher o campo “AnyText” com as palavras-chave desejadas;

Digite um sobrenome a ser pesquisado, tal como Pereira da Costa, por exemplo.

Duas coisas importantes:

  • Observe os conectivos AND, OR e “FRASE COMPLETA”;
  • Sem marcar a opção “FRASE COMPLETA”, o sistema lhe dará todos os Pereiras e todos os Costas;
  • Se assim o fizer, vai conseguir um resultado imenso, um sem número de respostas.

2. não preencher o campo “código de referência”. Se ele for preenchido, leva-nos a uma pesquisa em uma base de dados específica, ou seja, teremos que fazer isso várias vezes. Impraticável…

3. para resolver o problema do “AnyText”, acrescente uma informação, mantendo definida a opção do conectivo  “AND”.

  • Exemplo 1: digite – Pereira da Costa Pernambuco; (opção “AND”)
    Dessa forma, o sistema vai procurar apenas as opções que contenham Pereira da Costa e Pernambuco ao mesmo tempo.
  • Exemplo 2: digite – Engenho Brasil Rego
    Nota: lembre-se de manter definida a opção AND!!!
  • Exemplo 3: digite – “anytext” = Olinda e “código de referência” = TSO/IL (Tribunal do Santo Ofício, Inquisição de Lisboa);

O Resultado será todos os documentos da Inquisição que contenham o texto OLINDA (Pernambuco). Você terá sua pesquisa refinada, mas se quiser documentos da Inquisição de Recife, Porto Calvo, Itamaracá, por exemplo, você não terá. Vai ter que refazer com cada região pretendida.

Portanto, você precisa apenas ser criterioso ao escolher as palavras pra preencher o “AnyText”. Logo, você deverá fazer o papel de filtro do Sistema Gerenciador de Bando de Dados, pois, do contrário, receberá informações em excesso ou perderá informações importantes.

Se o interesse for bem específico, então preencha o “código de referência” e coloque a sigla que desejar:

MPRQ –  Memórias Paroquiais
UM –  União Nacional
RGM – Registo Geral de Mercês
CHR/H – Chancelaria de D.Duarte
CHR/J – Chancelaria de D. João II
JNE – Junta Nacional de Educação
TSO/IL – Tribunal do Santo Ofício, Inquisição de Lisboa
TSO/IC – Tribunal do Santo Ofício, Inquisição de Coimbra
TSO/IE – Tribunal do Santo Ofício, Inquisição de Évora.

Se você, como genealogista,  precisar consultar e obtiver muitos nomes na mesma consulta  e forem de seu interesse interessam apenas aqueles em que aparece a Filiação, dou o seguinte “caminho das pedras”:

vá ao campo de conteúdo e escreva a palavra FILIAÇÃO.

Fazendo isso você obtém os documentos que contém a filiação do indivíduo a ser pesquisado. Vai poupar seu tempo, pois não precisará ler um documento inteiro para perceber que não há referência aos pais…