CBG – Colégio Brasileiro de Genealogia: Arquivo Nacional

Arquivo Nacional

Pode-se passar anos freqüentando o AN e sempre haverá mais um detalhe ou maneira de abordar a pesquisa sobre a história familiar.

Um dos assuntos de maior interesse para genealogistas são os documentos sobre a chegada de estrangeiros, além dos de naturalização. Se a busca envolver comerciantes, por exemplo, podemos ler Contratos Sociais das firmas onde foram sócios. Se o objetivo forem Inventários, processos de Habilitação para casamento, concessão de títulos de nobreza e condecorações – também há. O que citamos aqui é bem pouco perto do que está disponível.

Vejamos uma amostra do que é de interesse genealógico, mas que não esgota todas as possibilidades:

I – VIDA CIVIL

– Nascimento

  • Livros talões das Pretorias e Circunscrições do registro Civil do Rio de Janeiro: 1929-1961.
  • Processos de habilitação de casamento das Pretorias, Circunscrições e Varas do Rio de Janeiro: 1890-1949.

– Adoção

  • Documentação da Mesa do Desembargo do Paço (ordem alfabética nominal): 1808-1828.
  • Processos cíveis dos Juízes de Direito e Varas Cíveis do Rio de Janeiro: 1858-1939.

– Casamento

  • Livros talões das Pretorias e Circunscrições do Registro do Rio de Janeiro: 1929 – 1961.
  • Processos de habilitação de casamento das Pretorias, Circunscrições e Varas do Rio de Janeiro: 1890-1949.

– Desquite

  • Processos provenientes das Varas Cíveis do Rio de Janeiro: 1827 – 1952.

– Óbito

  • Livros talões das Pretorias e Circunscrições de Registro Civil do Rio de Janeiro: 1929 – 1961.
  • Processos de habilitação de casamento das Pretorias, Circunscrições e Varas Cíveis do Rio de Janeiro: 1890 – 1949.

II – VIDA MILITAR

  • Guarda Nacional (ordem alfabética nominal por estado da federação): 1834 – 1937.
  • Guerra do Paraguai  1865 – 1870.

III – VIDA RELIGIOSA

  • Coleção eclesiástica: 1789 – 1892.
  • Mesa de Consciência e Ordem: 1808 – 1828.
  • Mesa do Desembargo do Paço: 1808 – 1829.

IV – ATIVIDADES ECONÔMICO-PROFISSIONAIS

  • Conselho de Estado: 1840 – 1889.
  • Faculdade de Direito de São Paulo: 1831 – 1883.
  • Mesa do Desembargo do Paço: 1808 – 1828.
  • Universidade de Coimbra: 1770 – 1827.

V – TÍTULOS DE PROPRIEDADE

  • Inventários post-mortem: 1767 – 1942.
  • Junta Comercial: 1860 – 1915.
  • Ofícios de Distribuição de Escrituras e Testamentos: 1719 – 1956.
  • Ofícios de Registros de Títulos e Documentos: 1903 – 1970.
  • Ofícios de Notas do Rio de Janeiro: 1595 – 1960.
  • Privilégios industriais: 1873 – 1910.
  • Registros de terras de Guaratiba, Campo Grande e Santa Cruz: 1831 – 1890.
  • Sesmarias: 1684 – 1828.
  • Verbas testamentárias: 1860 – 1911.

VI – NOBREZA

  • Brasões – Colônia e Império
  • Casa real e Imperial – Mordomia Mor: 1750 – 1889.
  • Chancelaria Mor: 1808 -1840.
  • Códices da antiga Seção Histórica
    – cód 14 – Ordens honoríficas
    – cód 310 – Casamentos de pessoas nobres
    – cód 577 – Licença para casamento de nobres
  • Fidalgos: 1813 – 1840
  • Leis, alvarás e Cartas Régias: 1808 – 1867.
  • Ordens e graças Honoríficas: 1808 – 1889.
  • Titulares do Império – decretos de concessões de títulos (Publicação Histórica nº 44)
  • Registro Geral das Mercês: 1808 – 1833.

VII – ESTRANGEIROS

  • Livros de registro de entrada de estrangeiros: 1875 – 1932.
  • Legitimação de passaportes: códices da antiga Seção Histórica.
  • Publicações históricas do AN: nº 46, 49, 50 e 54.
  • Naturalização: processos e cartas de naturalização do século XIX até 1959.
  • Relações de vapores chegados aos portos do Rio de Janeiro, Santos e outros: 1875 – 1974.
  • Registros de permanência de estrangeiros – Prontuários provenientes do Serviço de Polícia Marítima, Aérea e de Fronteira de diversos estados: 1939 – 1987.

Por isso, dada a imensa variedade de assuntos sob a guarda do Arquivo, é preferível só sair de casa após consultar cuidadosamente o site. Na seção Acervo  encontram-se os Fundos – que são os grupamentos dos diversos temas.

Em novas instalações, agora no imponente prédio onde funcionava a Casa da Moeda, as solicitações são agendadas (no mínimo 4 dias após)  e, no dia aprazado, estão à disposição do pesquisador, em mesas adequadas, com luz individual e todos os recursos.

Praça da República, 173
Orientação:
lateral da Praça da República / Campo de Santana
Estação Metrô – Central do Brasil

Portal: www.arquivonacional.gov.br

Como consultar o acervo no novo Portal do AN:

  • Consultas ao acervo – na lista de links à esquerda
  • Escolher Sistema de Informação do Arquivo Nacional-SIAN
  • Clicar na sigla SIAN que aparece sublinhada no meio do texto
  • Escolher:
    – Pesquisa Livre – para pesquisas temáticas
    – Pesquisa Multinível – para conhecer todos os Fundos e Coleções existentes